março 30, 2008

"SCALABIS" - 3


REAL SPORT CLUBE - 1



ÉPOCA 2007/2008 --- Jogo 23

Local – Complexo Desportivo de Rio Maior

Data - 29 de Março de 2008

”Scalabis”
Tapadeiro, João Paixão, Madeira, Rui Lima, Jacob, Gomes, Vítor Mendes, José Piedade, Pescador, Zé Eduardo, João Horta

Jogaram ainda
Símplicio, Gameiro, Marques

Treinador: José Duarte

Real Sport Clube
Chico, José “Borras”, Fernando Careca (cap.), Fernando Costa, Nãnã, Berto, Barreto, Edu, Cali, Daniel, Pedro Domingos

Jogaram ainda
José Janelas, Bessone, José Silva, Rupa

Treinador: Faria

Marcha do marcador
0 - 0
Intervalo
1 – 0 “Scalabis” (Zé Eduardo)
2 – 0 “Scalabis” (Pescador”
3 – 0 “Scalabis” (João Paixão)
3 – 1 Real S. C. (Cali)

A Saga continua...
Jogo nº 23, disputado no Complexo Desportivo de Rio Maior (sintético). Jogo contra um dos grupos históricos do Real S. C.. Connosco desde a primeira hora, sempre foi um grupo d eleição na simpatia e na amizade. Por isso, hoje, ao contrário do habitual começamos com a terceira parte, em grande estilo, num espaço agradável, com boa paparoca e um ambiente fantástico, com fados e guitarradas que a todos envolveu e fez com que se passasse um fim de tarde muito agradável na companhia de Amigos e Companheiros de longa data. Vamos lá então ao jogo, que começou com algum equilíbrio, aqui e ali com alguma superioridade do “Scalabis” na posse de bola aproveitando o facto de jogar com o vento nas costas, ao que o Real tentava responder aproveitando a disponibilidade dos homens da frente, lançando bolas nas costas da defensiva do grupo de Santarém que embora sem criar grande perigo ia obrigando a alguma atenção da equipa da casa. O equilíbrio foi de facto a nota dominante deste primeiro período, pelo que o resultado nos parece aceitável ao intervalo. Segunda metade, quatro alterações no Real e mais do mesmo, começámos logo a perder em mais um lance inacreditável e de total desconcentração. Não demorou muito a aparecer o segundo noutra falha e de facto é depois difícil reagir. O terceiro golo apareceu com naturalidade face a algum desencanto que a equipa de Sintra já apresentava na altura. Ainda se reduziu o marcador num golo do Cali que atenuou um pouco as contas da partida, dando um outro colorido ao marcador. O Real atravessa uma fase de alguma falta de inspiração, com muitas falhas, muitos erros que se têm reflectido nos resultados das últimas partidas. Só podemos melhorar, temos o nosso Torneio à vista e queremos com certeza dar uma melhor imagem do que valemos quando recebermos os nossos convidados.
Equipa de arbitragem constituída pelos Srs Rui Mendes (Árbitro principal) e Rui Cordeiro e Fernando Correia (Árbitros assistentes). A arbitragem foi pode dizer-se apesar de sem influência no resultado, tão cinzenta como a segunda parte do Real.
Para o “Saclabis” até Maio no VII Torneio do Real S. C. onde esperamos dar uma outra réplica que infelizmente não demos neste jogo. Um abraço e até sempre…

5 Comments:

At 01 abril, 2008, Anonymous pires said...

De facto sem ovos nao se faz omeletes eeheheheh ja dizia shake spear

 
At 02 abril, 2008, Anonymous Anónimo said...

Alguem me pode explicar o que é isto de omeletes e os ovos ?? é que estamos a falar de futebol e a 3ª parte foi bacalhau nao foi ?? Jogamos sempre com 11 jogadores nao foi ? Entao eu leio e oiço dizer que o grupo sao 28 sao todos precisos e depois vem com estas estorias de treta ??? ou é so conversa ?? entao nao houve jogos que jogamos com os supostos mais fracos e ganhamos ... nao foi ? ou ja nao se lembram ?? e fomos ao torneio de santarem e com os supostos mais fortes e não ganhamos nada ...ou ja nao se lembram ?? secalhar nao entendo mesmo nada de omeletes e de poesia e de futebol ,mas uma coisa é certa não é assim que se fumenta a uniao de grupo.
RUPA

 
At 02 abril, 2008, Anonymous Jorge Faria said...

Ao Rupa.
Em 1º lugar é verdade que não percebes nada de poesia ,pois qualquer poeta sabe a história das omoletes s/ovos.
Em 2º tens toda a razão ,pois felizmente temos tido sempre 11 para jogar.
Depois em 3º é verdade que temos 28 elementos que fazem parte do grupo de veteranos do Real.S.C e também é verdade que todos são precisos,Ex:pagar as mensalidades para os jantares pois nem só quem joga janta ,tratar de assuntos relacionados com o desenrolar da época (transportes,saco das bolas,botijas de água etc.e alguns para de vez em quando jogarem e outros também para treinarem,porque se fossemos 33 é que era óptimo para fazermos um torneio interno entre 3 equipas e assim todos jogavam o mesmo tempo.
Em 4º como deves calcular a união só será mais fumentada quando houver maior disponibilidade de todos para o grupo,e não aparecerem só quando não teêm mais nada para fazer.
5º E já agora gostaria que me facultaces a lista dos mais fortes e dos mais fracos.

 
At 03 abril, 2008, Anonymous Anónimo said...

hahahahaha ó faria os mais fracos e os mais fortes é na cabeça de cada um como deves calcular . Mas tal como eu disse é o que oiço falar nao da tua boca devo de admitir . Mas como deves calcular treinadores de bancada ha muitos. Posso deixar uma dica ?? Porque nao trocar as omeletas por pataniscas ?? hehehehe
Ja Agora Uma Informação importante O serviço de Taxis em Sintra acaba as 6 da manha hahahaahha
Abraço
Rupa

 
At 03 abril, 2008, Anonymous Edu.Pires said...

E quem joga na lateral não joga azul,não joga azul,não joga azuuul!!!Eheheheh

 

Enviar um comentário

<< Home